Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Adrián defende último pênalti, Liverpool bate o Chelsea e é campeão da Supercopa - Rádio eog

Adrián defende último pênalti, Liverpool bate o Chelsea e é campeão da Supercopa

Substituto de Alisson brilha com o pé direito em cobrança de Abraham. Firmino começa no banco, mas muda o jogo com duas assistências para Mané no tempo normal e prorrogação em Istambul

 

Sem Alisson, lesionado, brilhou a estrela de Adrián em Istambul. Contratado nos últimos dias da janela, o goleiro espanhol rapidamente se viu na espinhosa missão de substituir o brasileiro. E passou no primeiro grande teste com louvor ao defender a cobrança de Abraham que deu o título da Supercopa da Europa ao Liverpool sobre o Chelsea, com vitória por 5 a 4 nos pênaltis após empate por 2 a 2 no tempo normal e prorrogação. Giroud abriu o placar no estádio do Besiktas, Mané empatou, virou no tempo extra, mas Jorginho, de pênalti, recolocou os Blues na decisão.

ENTROU E MUDOU O JOGO

O Chelsea era melhor em campo quando Klopp tirou Firmino do banco para o segundo tempo. O brasileiro substituiu Chamberlain e mudou a partida em poucos minutos. Foi decisivo aos três minutos com uma assistência na medida para Mané, passou a marcar Jorginho e ajudou o Liverpool a criar chances. Na prorrogação, conseguiu se desmarcar para receber passe profundo e rolou para Mané marcar mais um. Depois, abriu as penalidades sem decepcionar. Um dos melhores.

PONTOS POSITIVOS

Depois de ser goleado pelo Manchester United na abertura do Inglês, o Chelsea chegou à Turquia como azarão. E fez jogo duro, flertando inclusive com a vitória no segundo tempo da prorrogação depois de Kepa também brilhar lá atrás. Pedro fez um grande jogo, e Lampard novamente apostou nos jovens Mount e Abraham, que entraram no decorrer. O atacante perdeu o quinto e último pênalti dos Blues, mas a sensação é de que há futuro.

OUTRA VEZ EM ISTAMBUL

O perfil da Liga dos Campeões no Twitter não demorou a lembrar que o Liverpool foi campeão em Istambul novamente depois de uma disputa de pênaltis. Na Champions de 2004/05, venceu o Milan depois de estar perdendo por 3 a 0 até o início do segundo tempo. Foi a quarta Supercopa dos Reds: 1977, 2001, 2005 e 2019.

ARBITRAGEM HISTÓRICA

A francesa Stephanie Frappart foi a primeira mulher a comandar a arbitragem numa competição masculina organizada pela Uefa. E fez um bom jogo, embora a torcida do Liverpool tenha reclamado do pênalti anotado de Adrián em Abraham na prorrogação. O VAR, no entanto, não a chamou para rever o lance.

PREMIER LEAGUE NO FIM DE SEMANA

O Liverpool volta com a taça, mas sem tempo para curtir. No sábado enfrentará o Southampton, fora de casa, pela segunda rodada do Inglês. O Chelsea joga no dia seguinte, contra o Leicester, no Stamford Bridge.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe seu comentário:

© 2019 Rádio EOG - Aqui o Som Viaja o Mundo Todo.