Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Antônio Carlos - Rádio eog

Antônio Carlos

wp-image-1580597106

ANTÔNIO CARLOS DA COSTA

 

Conheça a história do Locutor Antônio Carlos.

 

Como você começou sua carreira no rádio?

Eu comecei a carreira como locutor de teatro. Eu fazia as locuções ao vivo no teatro amador. Certo dia, eu estava com alguns problemas e pedi para gravar. Na gravação, percebi que eu tinha uma voz parecida com a dos locutores. Eu tinha 19 anos na época. Com isso, comecei a fazer testes nas rádios e fui aprovado na Rádio Continental.

E como foi a sequência da sua carreira?

Eu também trabalhei na Rádio Nacional. Eu fiquei pouco tempo porque ganhava muito pouco. Na sequência, trabalhei também na Rádio Tupi, onde fazia diversas funções, como apresentações de jornal, programação, etc. Lá fiquei muitos anos.

E você chegou a trabalhar em outros meios?

Eu comecei a trabalhar na televisão. Na fundação da TV Continental, no final da década de 1950, eu pedi um emprego e me deram. Eu aprendi a dirigir, ser diretor de TV. E entre voltas e saída da Tupi, eu fui chamado para ir para Brasília, convidado pelo Costa Lima, trabalhar na TV Brasília. Depois, fui chamado para a fundar a TV Gaúcha.

E você permaneceu muito tempo nesses canais de TV?

Fiquei alguns anos. Depois disso, eu participação da fundação da TV Globo. Eles faziam testes com todo mundo. Eu fui diretor de TV ou selecionador de imagem. Fiquei uma temporada grande e voltei para a TV Tupi, onde fiquei até falir.

Você também já trabalhou em São Paulo, né?

Logo depois de a Tupi falir, eu fui trabalhar na TV Tupi de São Paulo. Cheguei, me apresentei ao diretor Valter Foster. Fui trabalhar com Antonino Seabra. Trabalhei uma temporada até que fui convidado para trabalhar com o Silvio Santos. Ele ainda não tinha a TV, tinha seus estúdio na Vila Guilherme. Preparávamos tudo e, aos domingos, ele apresentava um programa na TV Globo e, às quintas, para a TV Tupi. Depois de um tempo, fui demitido. Procurei o Silvio Santos novamente e ele me ofereceu para cuidar da TV S no Rio de Janeiro.

Depois de todo esse tempo na TV, como você voltou ao rádio?

Meu amigo Costa Lima me chamou para trabalhar na Rádio Roquette Pinto. Depois disso, os diretores da Rádio Tupi me chamaram novamente para a rádio, onde criei o Show do Antonio Carlos. Depois de alguns anos, saí da Tupi e fui para a Rádio Globo onde estou até hoje.

E como foi essa transição para a Rádio Globo?

Eu fui convidado pelo Mário Luiz, que era o diretor da Rádio Globo. O Giovane estava querendo sair da rádio. Eu vim e peguei o horário das 5h às 7h. Logo depois eu comecei a fazer das 6h às 9h e estou até hoje.

E você apresentou o programa para toda a rede?

Sim, no início eu apresentava o programa para toda a rede. Fiz isso durante 12 anos. O Claudio Henrique, que é o atual diretor da Rádio Globo, entendeu que a rede deveria ser regionalizada. Com isso, como eu já tenho identificação com o Rio de Janeiro, fiquei com o horário no Rio de Janeiro onde sou campeão de audiência.

 

Fonte: TudoRadio.com

Deixe seu comentário:

© 2019 Rádio EOG - Aqui o Som Viaja o Mundo Todo.